ONG CBCN e prefeitura de Cruzeiro do Sul se reúne para programar os procedimentos fiscalização de geradores de resíduos

Os coordenadores nacional e regional de resíduos sólidos Jocélio Araújo e Rosa Sampaio juntamente com o gerente geral Operacional da ONG CBCN em Cruzeiro do Sul Pancho Carrero, estiveram reunidos com o prefeito Ilderlei Cordeiro, Secretários municipais e equipe de fiscalização da prefeitura para discutirem assuntos referentes a fiscalização de grandes e pequenos geradores de resíduos do município. O objetivo da reunião é fazer um plano de ação envolvendo toda equipe de fiscalização para que tenham conhecimento de articulador da lei federal e na íntegra da lei municipal de resíduos sólidos e preparação para abordagem correta a toda população.
Jocélio Araújo explicou que o objetivo inicial desta fiscalização é de caráter informativo e educacional, com abordagens nos pontos mais polêmicos, onde a população ainda não se integrou ao novo sistema de manejo de resíduos e de coleta seletiva. “Muitas pessoas ainda continuam descartando os resíduos de forma inadequada, dificultando assim a coleta, vale ressaltar que estamos fazendo todo um trabalho de educação ambiental. Durante as abordagens iremos passar com nosso calendário de coleta, passar informação da legislação municipal em consonância com a lei federal e ao mesmo tempo iremos notificar a todos os grandes geradores para que eles posam fazer seus planos de gestão e gerenciamento resíduos assim como preconiza a lei, que determina um prazo de até 90 dias para que os geradores de resíduos possam se adequar a essa nova realidade”, disse o coordenador.
O prefeito Ilderlei Cordeiro destacou a importância da participação da população para que a situação do lixo seja resolvida no município. “Muitas pessoas infelizmente ainda continuam jogando lixo desordenadamente na rua, já temos um cronograma de limpeza, de coleta de lixo, mas mesmo assim ainda temos lugares muito críticos que precisam ser fiscalizados, estamos envolvendo toda equipe de fiscalização para montar um planejamento de visitas orientando, passando em todos os bairros da nossa cidade para informar, notificar e se preciso for multar, vale ressaltar que essa não é nossa intenção, mas se for preciso multaremos para que pessoas que insistem em jogar lixo na rua possam se adequar à lei e a nova realidade de gerenciamento de resíduos do nosso município”, finalizou o prefeito.

× Converse no WhatsApp